QUANDO O ESPÍRITO BENFIQUISTA PREVALECE, NÃO HÁ DERROTA, CORRUPTO, MERCENÁRIO OU ARRUACEIRO QUE O CONSIGA APAGAR OU FAZER REGREDIR.
BENFIQUISMO É ESTADO DE ALMA SEM DEFINIÇÃO, PRIVILÉGIO DOS PUROS!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

CARTA ABERTA A VICTOR SERPA


Victor Serpa

Serei breve nesta minha carta aberta e lhe falarei de olhos nos olhos, de jornalista (embora retirado mas não desligado das lides) para  jornalista , muito mais grave,no seu caso, por ocupar um lugar ao qual , à luz da ética e dos conceitos da sagrada profissão,deixou de honrar e merecer.

Pergunto-lhe:

Onde estão os  pregaminhos e valores democráticos que sempre pautaram a vivência e a linha condutora daquele que sempre foi considerado  «A  CATEDRAL  DO JORNALISMO  DESPORTIVO» em Portugal?
Onde se encontram os formadores,os vanguardistas,os  lutadores intransigentes contra a mentira, a ignomínia, o compadrio, a indecência, a chulice e a injustiça?
Triste verdade; esses já se foram e não deixaram ‘’herdeiros’’ dignos desse nome e dessa honra, tendo até sido o Victor Serpa um dos formandos daquela escola de virtudes que, com a atitude vil de um autêntico  censor-pidesco-salazarista  ao serviço  do mundo podre da corrupção,permitiu e manchou para sempre as memórias  imaculadas dos seus fundadores  Candido de Oliveira e Ribeiro dos Reis, bem como homens  com  «H» grande  e honrados seguidores como Homero Serpa, Aurélio Márcio, Carlos Pinhão, Alfredo Farinha e tantos outros.
A BOLA deixou de ser a imagem da virtude, da democracia e da retidão que ainda possuía, graças a si, Victor Serpa ,que se deixou enredar na teia criminosa dos predadores da verdade e da decência.
O  seu nome, a sua  prepotência,  a sua atitude mercenária,retrógada e irrefletida, marcarão para sempre a página mais negra nos anais daquele que foi, repito, A  CATEDRAL  DO JORNALISMO  DESPORTIVO em Portugal.
Como vê, fui breve mas não terminarei  sem que, se é que ainda lhe resta um pouco de dignidade , lhe alvitre um gesto ainda  que de duvidosa  honestidade: DEMITA-SE!

Joseph Lemos

8 comentários:

Jotas disse...

Junto-me nesse pedido de despedimento. De facto, esse jornal já lutou contra a censura, neste momento, faz censura.

lawrence disse...

Quem toma uma decisão desse calibre sabe o que está a fazer!
Saberá que a generalidade dos Benfiquistas continuarão a comprar o jornal, tal como assinam a sporkos-tv?
Provávelmente!
Porque nem todos os Benfiquistas são bloguer's ou estão suficientemente informados!
E a Direcção também não faz muito para apontar públicamente quem são os nossos inimigos e para informar quem deve ou não ser aceite pelos Benfiquistas.

Viriato de Viseu disse...

Bem esmiuçada esta carta!!!

joão disse...

bem escrito
lawrence faça como eu.envio a todos os meus amigos emails com o que é escrito na blogosfera e que tenha interesse como é o caso deste post
e se eles fizerem o mesmo talvez a curto prazo já se começe a sentir que o que aqui se diz surta algum efeito.
passem bem

JP disse...

Ainda segundo Vítor Serpa, director do referido Jornal, a não publicação deveu-se a Quintela “continuar a usar A Bola como meio para prosseguir um cansativo e desinteressante contencioso particular com Miguel Sousa Tavares”.
Mas entao o que faz MST com o tempo de "antena"que lhe dao,apenas e so destilar todo o seu odio para quem nao esta de acordo com o credo dos corruptos.Esta desculpa so encontra paralelo naquela famosa historia das "luvas brancas",ou entao os Vitores teem uma imaginaçao acima da "merdia".

Joseph Lemos disse...

Pois é JP,eles estão tão desorientados que nem sabem como justificar-se e neste caso o Vitinho corre em defesa do besuntas mercenário ao serviço do presidente e clube assumidamente corruptos.

Bruno Lacerda disse...

Assino por baixo.

VHugo disse...

Vocês ainda se dignam a perder tempo a escrever-lhe cartas abertas?

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/voltamos-ao-passado.html