QUANDO O ESPÍRITO BENFIQUISTA PREVALECE, NÃO HÁ DERROTA, CORRUPTO, MERCENÁRIO OU ARRUACEIRO QUE O CONSIGA APAGAR OU FAZER REGREDIR.
BENFIQUISMO É ESTADO DE ALMA SEM DEFINIÇÃO, PRIVILÉGIO DOS PUROS!

domingo, 14 de outubro de 2012

FIGURINHAS DE CARTÃO RECICLADO ENCONTRADO NO LIXO

Cada vez tenho mais nojo dessas figurinhas toscas e repelentes. Estou cansado delas mas não me deixo abater.

O pior é que além de figurinhas repelentes, cultivam fervorosamente a reles prática da cobardia, actuando na sombra  e apunhalando pelas costas, não só no intuito de enxovalhar o(s) visado(s), mas sim tentar abater quem os enfrenta sem máscaras, sem truques, sem medo e publicamente. É o caso.

Para as tais figurinhas, visto a pele de vários personagens, possuo cinquenta mil  "nicks" e vários espiões em todo o lado. Na verdade e perante o desvario dessa escumalha, nem sei porque me exponho e dou ao trabalho de me identificar com nome próprio em tudo o que escrevo, ao contrário desses parasitas.

Espiões não tenho mas sim, já aqui o disse e repito, alguns amigos e ex-colegas sérios, honestos e mais ou menos bem colocados, cujo único "defeito" é serem Benfiquistas não alinhados com a podridão que grassa nos vários sectores da vida portuguesa, mas amantes e defensores incondicionais da justiça e da verdade. Alguns bem conhecidos do público.

No primeiro parágrafo assumo estar cansado e não me deixar abater. Por isso, não dou  tréguas a certa miséria humana que rasteja, não importa em que terreno, para poder sobreviver à mediocridade da sua própria existência.
A origem do meu combate a esses esbirros está precisamente na defesa do Benfica e nada  de pessoal me move contra alguém a não ser, como é o caso, que tentem manchar a minha honra e a minha verticalidade.

Em poucas palavras explico: esse monte de esterco que se mascara de Viriato, recebeu ou inventou, não me recordo se e-mail ou comentário, onde o alvo é a própria mulher, e do qual me acusa ser o autor, sem que tenha apresentado qualquer prova. O bandido sem escrúpulos, pensando que me abateria pelas costas, como é seu hábito, fez circular a mentira na tal tertúlia "secreta", sem preservar a honorabilidade da sua própria mulher, onde se acantonam indivíduos da estirpe do bêbado e arruaceiro, Conde do Vimioso, cuja identidade verdadeira é: João Alves Lourenço, entre outros.

Fui informado do facto por um dos meus "espiões" e a minha reacção, como qualquer pessoa que se preze e sente atingido por tal prejúrio, não se fez esperar, enviando ao cobardolas o seguinte e-mail, que descreve a panorâmica de uma vil atitude para me poder atingir, sem olhar ás consequências que daí poderão advir , tratando-se, como disse acima, da honorabilidade da própria esposa:



A TERTÚLIA (NÃO) SECRETA
From:

Joseph Lemos  
Add to Contacts
To:viriato.de.viseu@gmail.com

Antes do mais informo-te que não vale a pena tentares alterar este e-mail, que é aliás, uma das tuas habilidades agora reforçadas com a ajuda "tecnológica" do Vito Vendetta, ou se preferires, Fernando André Silva, porque será arquivado para te poder desmacarar (uma vez mais) se for caso disso.
Não sabes porque te escrevo mas saberás nas linhas que seguem. Porém, antes, mete o seguinte nessa tua cabeça de calhau: quando escrevo publicamente ou afirmo que possuo fontes de informação fidedignas em Portugal e não só, tu e teus capangas de meia tigela, deveriam acreditar, não porque isso me interesse, mas para que tenham a certeza de que o Joseph Lemos não conspira e não é mentiroso como tu e a maioria da cambada que te rodeia .

Uma prova? 

Na semana passada, mas tendo só agora resolvido debruçar-me sobre o assunto,recebi a informação acerca do e-mail que fizeste circular na tertúlia que dizes ser secreta, acusando-me de ter escrito algo sobre a tua mulher. 
Como podes ser tão vil, tão cobarde, tão mentiroso? Prova isso seu canalha, seu verme, seu ignorante. Prova, mas prova concretamente sem truques e claramente.
Sabes bem que não conheço a tua mulher, não sei se é boa, se é uma grande lasca, se é um fogareiro coberto de ferrugem ou de barro rachado, se alguém a quer comer e por-te um bom par de chavelhos que, pelos vistos deves estar a merecer. Reafirmo, sabes que não a conheço como não te conheço a ti. 
Só um traste como tu e perante a própria insegurança seria capaz de uma canalhice dessas.
Muito menos conheço um tal Júlio que deve ser da tua estirpe e, quem sabe, membro da tua quadrilha de ignorantes e de baixa ou isenta dignidade.
Que tipo de integridade, de honestidade, de ombridade tens tu quando submetes a honra da tua mulher, seja ela o que for, à apreciação de um grupo de indivíduos que nem sequer a conhecem? Também sei que apenas a duas pessoas do teu círculo tertuliano a apresentaste .
Afinal, que tipo de homem és tu? 
Será que a seriedade e honestidade da tua mulher merece ser exposta de forma tão vil só porque alguém se lembrou de por à prova ou te quis atingir por algo que se calhar apenas suspeita? E se suspeita é porque te conhece, enquanto eu, no outro lado do Atlântico e a milhares de quilómetros, sou acusado por um vil canalha sem carácter e sem respeito pela própria mulher.
Devias ter vergonha, Jerónimo!
Pensa bem na tua miserável conduta e consulta um especialista porque a tua sanidade mental, nota-se, está depauperada.
Vou dar-te um conselho: não me desafies nem cruzes mais o meu caminho. É apenas um conselho, não uma ameaça. Não sou rufião, tenho vergonha e dignidade.
De uma coisa podes estar seguro, logo que tenha disponibilidade para me deslocar a Portugal afim de tratar de assuntos do foro privado e profissional, podes ter a certeza que te procurarei e, cara a cara, vamos ter uma longa e civilizada conversa. Sei onde vives e não será difícil encontrar-te. Mas fica descansado que eu aviso.
Não vou alongar-me.
Apenas te digo que não substimes as minhas capacidades.
Fica atento.

Joseph

P.S. - Não esqueças de fazer circular pela tertúlia, só que agora é diferente, podes provar que fui eu que escrevi.

*******************************
Claro que o bandalho não esperava que eu tivesse acesso a tal vilania e, sem provas para me incriminar, não teve a coragem de fazer circular a minha reacção, pelo menos até ao momento em que escrevo.

É por isso que abomino figurinhas de cartão encontradas no meio do lixo que se tentam introduzir no meio de pessoas decentes para "aliviar" a sua triste e ignóbil existência.



6 comentários:

Pedras disse...

Bom dia

Não seria melhor um dia se encontrarem o Joseph e o Viriato e sentados à mesa, civilizadamente, perante um café ou uma imperial, conversarem sobre esses assuntos do diz que diz ou diz que disse?
Não é isto, como aquilo, lavagem de roupa suja?
Os homens de bem como vós pareceis ser não encontram outra via para conversar que não seja esta pública num blogue onde se havia de falar de desporto e não de coscuvelhice?
Desculpem pois não conheço um nem outro mas falo apenas pelo que vou lendo aqui neste blogue e noutros que acompanho diariamente e custa-me ver que dois benfiquistas andam de costas voltadas de forma a se enxovalhar publicamente, mostrando nomes, moradas, telefones, enfim dados pessoais que não eleva quem, os publica.
Os homens conhecem-se pelas acções e não é em público que devem resolver as vossas quesilias, mas sim, como já disse, frente a frente, olhos nos olhos, e quem sabe se não acabam num abraço de gente civilizada que não não dúvidas ambos o são.

Viva o Benfica

Joseph Lemos disse...

Pois é meu caro, é essa a atitude de frente a afrente que me refiro no "post" a que irei ao encontro. Entretanto, se eu publicasse aqui tudo o que esse senhor me enviou e continua enviando clandestinamente para o seu grupo clandestino onde se acantonam certos energúmenos,salvo algumas excepções, poderias verificar quem se dedica à lavagem de roupa suja, alterando textos e outras, conspiração e outras coisas mais já aqui denunciadas.Por mim já teria parado e se utilizo o "blog" é porque não me posso defender de outra forma, não possuo grupos privados e clandestinos como este:tertulia-gloriosa@googlegroups.com, onde se conspira contra LFV bem como quem o apoia, e "blogs" da mesma natureza.
Enfim, cada usa sabe de si e actua em defesa da sua dignidade usando as armas que possui.

Manuel disse...

Deixa lá, Joseph.

Canalhas há em todo o lado. Mas em Portugal, acredita, há mais!

Eu, aos canalhas, ignoro-os porque os desprezo!

"O desprezo é o maior insulto".


Joseph Lemos disse...

Manuel

Tens toda a razão, desprezo é mais que mandá-los à PQP, mas os canalhas merecem ser denunciados.

Esse cabrão acusou-me de querer comer-lhe a mulher que nem sequer a conheço e estando a milhares de quilómetros.É mesmo canalha.

Manuel disse...

Comer-lhe a mulher? LOL!!

Meu Deus, a ajuizar pelo sujeito deve ser um estafermo de acordar e assustar um morto! Se calhar nem dentes tem!
Bem, em certas situações até pode ser uma vantagem! Lol!

Mas há alguém de bom senso que acredite nisso? Só se conseguisses estender as pernas por sobre o Atlântico! Começa a fazer ginástica e streching, pode ser que com um pouco de treino consigas! lol





gervasiocutileiro disse...

Estás enganado, pá, eu conheço os dois, a gaja é ainda um grande traço e ele parece o avô.lol