QUANDO O ESPÍRITO BENFIQUISTA PREVALECE, NÃO HÁ DERROTA, CORRUPTO, MERCENÁRIO OU ARRUACEIRO QUE O CONSIGA APAGAR OU FAZER REGREDIR.
BENFIQUISMO É ESTADO DE ALMA SEM DEFINIÇÃO, PRIVILÉGIO DOS PUROS!

sexta-feira, 25 de julho de 2014

EU PUBLICO E APLAUDO


Eu acuso!

Por José Albuquerque

Conta-me o Autor deste excelente blogue que tem sido obrigado a eliminar muitos comentários de Leitores, sobretudo osgalhada e andruptos, que, incapazes de contra argumentar o que aqui escrevemos, tentam argumentar com a chamada “razão da força”, partindo para a tentativa de ofensa e/ou as ameaças pessoais: comigo … não pega!

Por isso, decidi escrever um texto com o qual vou desabafar as principais acusações que faço aos anti Benfica, sejam quais forem as suas origens e, para o efeito, começo por cumprir a obrigação de excluir destas acusações todos os incultos, ignorantes, imberbes sem noção e detentores de cérebros ainda sem uso, que, tal como os pobres de espírito, são dignos de pena e, quando conseguem não ser intolerantes, merecem a minha tolerância.
Concretamente, eu escrevo este texto para acusar as elites da osgalhada, as andruptas, as Taliban e as que esmifram os seus míseros rendimentos na mérdia nacional: em síntese, acuso todas as cambadas de anti Benfica, incluindo as elites que, por inveja e/ou preconceito, consideram que o anti Vieirismo primário é uma forma de ser-se Benfiquista.

Acuso-os, a todos e em conjunto, pelas mentiras, pelas omissões intencionais, pela demagogia, pela cobardia, pela desonestidade intelectual e, acima de tudo, por exercerem o facto de pertencerem a uma elite e por interesses, quer materiais, quer outros, para tentar manipular os infelizes ou incautos alienados que se deixam enredar nas malhas destes bandalhos e bandidos.
Que fique muito claro que eu não sinto que eles estejam a fazer mal ao Nosso Clube (bem queriam, mas nunca o conseguirão), embora cheguem a minar a confiança e a Mística de alguns Companheiros.

Eu acuso as elites da osgalhada.

Acuso-os por insistirem em ser nada que não seja anti Benfica, mesmo que isso signifique desaproveitar a Imensa História de um Clube que foi o Nosso rival e que, hoje, já mirrado, apenas serve de coio para muitos alienados: sois vós os autores morais da destruição do outrora digno e honroso Sporting Clube de Portugal!
Acuso-os da coautoria moral do POLVO imundo e grosso, que apoiaram na vã vertigem de ver desaparecer o Glorioso e que, hoje, ameaça reduzir-vos a “sporting Lisbon”, substituindo-vos nesse nojento papel “de embrulho” por outro qualquer clubeco que não se importe de vender a alma ao D. Cor(no)leone!
E acuso-vos de viverem a miséria actual do beneficio indigno que vos é, vergonhosa e envergonhadamente, concedido por dois Bancos que vocês conseguiram enganar, usando e achincalhando pelo caminho o que restava da memória desse antigo clube. Acuso-vos de, cobardes desonestos, alijarem as vossas responsabilidades para cima dos Accionistas desses dois Bancos, aproveitando a incompetência dos Gestores que cometeram tantos erros que “disfarçam” o vosso roubo e, com esse nojo, promoverem a maior e mais grave deturpação da Verdade Desportiva, não contra o Benfica (vocês nunca mais Nos chegam nem aos calcanhares), mas contra todos os outros clubes honestos que ou continuam a viver com o que merecem, ou merecem o caminho do desaparecimento.

Eu acuso as elites andruptas.

Pelo apoio desonroso ao D. Cor(no)leone e toda a sua quadrilha de criminosos num imenso cadastro de crimes que ultrapassam em muito os danos ao Glorioso SLB, que não passa de constituir o “moinho de néon” do qual abusam para encadear a massa ululante de alienados que vos pagam os enormes benefícios roubados.
Começando por deturpar a imagem do alvo fictício – o Benfica, com que arrebanharam os primeiros deficientes, instrumentalizaram a ignorância de muitos humildes para, no dealbar da globalização, imaginar os fantasmas necessários, desde o “centralismo” aos “mouros” e erguerem as mentiras históricas mais ridículas para se acabarem a erguer sobre o barro ignóbil dos regionalismos (ahahah, num pais tão pequeno em superfície, como grande em História) e a alimentar os tentáculos de um POLVO imundo e grosso e, com ele, imporem um garrote sobre a Verdade Desportiva que conseguiu transformar o Desporto nacional em varias modalidades de “des porto” e, com isso, mancharem para todo o sempre a alma da Mui Nobre & Sempre Leal Cidade Invicta.
Acuso-vos de serem cúmplices de proxenetas, mafiosos, ladroes, corruptos (activos e passivos) e toda uma miríade de “lúmpen” com a única condição de vos servirem para conseguir “titalos”, com os quais puderam manter disciplinada a vara porcina sobre a qual os lideres da quadrilha fizeram fortunas.

Acuso estas e todas as outras elites de anti Benfica.

Por serem uma cambada de incompetentes, sem capacidade para se motivar com projectos próprios, sem tempo para existir fora da inveja de não serem Benfiquistas e sem espaço para existir sem poder olhar o Nosso Clube.
E a todos agradeço, sinceramente, pela imensurável burrice de se terem iludido durante o Nosso período negro, assim facilitando o Nosso processo de recuperação e reconstrução.
Agora … agora podem ladrar e chiar o que quiserem, que o vosso destino se vai resumir a testemunhar as Nossas Vitórias e, através delas, a afirmação universal dos Nossos Valores e a divulgação imparável da Nossa Gloriosa História.

Acuso toda a humilhada manada de “migalheiros” e “soldados” do POLVO.

Estejam na mérdia, na PSP do Porto, no SEF, em alguns Tribunais, na manada de BOIS, nas diversas instituições do “des porto” nacional, na Camara de Gaia, em algumas empresas publicas do norte, na escabrosa rtporcos dos jornaleiros “des portivos” e/ou todos os vários currais e pocilgas e que, por ações ou omissões, vivem na ignominia de favores de criminosos e com a cobardia subserviente de limpar ou escamotear os “danos colaterais” anti patrióticos de todos os crimes do POLVO.
Tal como vos acuso da pulhice com que fazem eco aos vómitos das minorias minoritárias de Adeptos do Nosso Clube, uma cambada de invejosos e preconceituosos que, á mingua de melhor, tentam desesperadamente atingir alguma notoriedade em prejuízo do Glorioso.

Finalmente …

Acuso aqueles Companheiros, a quem designamos por Taliban.

Por serem os principais mentores desta insuportável campanha a que vimos assistindo, alimentando todos os anti Benfiquistas, estejam eles na mérdia ou nos blogues andruptos e da osgalhada, das especulações mais tenebrosas, das mentiras mais deslavadas e das acusações mais torpes, abusando de uma escandalosa incoerência que lhes permite aproveitar tudo e o seu contrário, ora endeusando, ora descredibilizando as mesmas fontes de acordo com as suas preconceituosas conveniências.
A estes Companheiros – os Taliban (ou Tal – i – ban, como prefere o Enormérrimo Mathayus), eu acuso da extrema cobardia de enunciarem tramas e denunciarem alegados crimes, sem fazerem o que lhes competia enquanto Benfiquistas: apresentar provas em Juízo contra os que eles consideram estar a lesar o Nosso Clube, tal como os acuso por, depois de tantos anos a repetirem as mesmas historietas e a confundirem-se com os anti Benfica, ainda não terem tido tempo, engenho, arte e Benfiquismo para estruturarem um verdadeiro programa ao redor do qual constituíssem uma equipa de Gestão capaz de salvar o Benfica de “todos os males e crimes”, em termos de se irem apresentando aos Sócios como alternativa para o futuro.

Por favor, Companheiros, haja alguém que explique aos Taliban que, pelo menos enquanto não mostrarem capacidades para fazer alguma coisa pelo Nosso futuro colectivo, continuarão a ser reconhecidos, apenas e só, como os masoquistas que adoram o Clube no qual está tudo mal, a ser mal feito e a andar de mal a pior, uma “visão” do Benfica que é, de longe, a mais drástica entre todas as desejadas pelos anti Benfica.
E bem podem dizer que “tinham razão”, quando nunca a tiveram e, na melhor hipótese, tiveram “sopros de bufos”, a partir dos quais inventaram as piores especulações.

Enquanto eles se não convencerem, este Benfiquista que eu sou vai continuar a fazer o pouco que sabe e pode para os desmascarar a todos. Desmascarar todos os anti Benfica, da osgalhada aos andruptos, passando pelos mérdia e Taliban: não os conseguindo distinguir pelo discurso, merecem todos o mesmo tratamento.

E se, depois de todas estas “vendas”, ainda saírem o Enzo e o Gaitan por mais 70ME?

Se isso suceder, seria um acontecimento (ou um somatório de acontecimentos) sem paralelo na história dos maiores clubes europeus, ainda assim … imparável, caso surjam as propostas.

Não vale a pena construir cenários especulativos quando a questão é muito simples: recusar mais 70ME pelos “passes” desses dois Atletas, seria … “gestão danosa”!

Depois desta eventual “San Gria” (copiando a Enormérrima Leonor), a Equipa vai ficar menos competitiva a curto prazo, mas o Grupo Benfica vai ficar em muito melhores condições para prosseguir os objetivos estatutários do Clube e garantir maior competitividade a prazo. 

Viva o Benfica!   

1 comentário:

Michael Krueger disse...

Off-topic
Mensagem que irá circular em alguns blogs do Benfica.

Desde sempre que adeptos dos nossos rivais contra-atacaram/defenderam/acusaram o Benfica, o nosso clube, de ter sido do regime salazarista e outras coisas, mas a verdade é que as provas apontam para o contrário. Visto isto, quero pedir ajuda para que quem souber ou vir a saber de casos em que o nosso clube foi ajudado, de qualquer forma como exemplo o caso de doping do Mozer antes de ser transferido para o Marselha e que o Hernani é que pagou, mostre provas de tal para que uma vez por todas consigamos mostrar que o nosso clube foi beneficiado, que acredito que o foi, mas sem ação direta dos seus dirigentes e outros funcionários e que em comparação com os outros dois rivais nada há em comparar.
Desde já obrigado e era bom uma coloboração.

Obrigado e Saudações!