QUANDO O ESPÍRITO BENFIQUISTA PREVALECE, NÃO HÁ DERROTA, CORRUPTO, MERCENÁRIO OU ARRUACEIRO QUE O CONSIGA APAGAR OU FAZER REGREDIR.
BENFIQUISMO É ESTADO DE ALMA SEM DEFINIÇÃO, PRIVILÉGIO DOS PUROS!

terça-feira, 9 de novembro de 2010

PORKO FICOU ROXO...DE VERGONHA

O que disse a besta:

"Não escondo a alegria desportiva por ver o Benfica naquelas aflições"

O que aconteceu a seguir:

 ZEPORTEM  2  V. GUIMARÃES 3

E isto depois de estarem a vencer por 2 - 0

INCHA PORKO SUJO!!!

Ahahahahahahah....!!!!!ahahahahahahahahahah.....!!!!

5 comentários:

Jotas disse...

Caro Lemos, sobre esse senhor fiz um post que ilustra bem o modo de estar de alguém que até se esquece que tem um clube, no fundo ele representa a maioria leonina, verde e branco por fora, azul e branco por dentro. E porquê? Porque sabendo eles da sua incapacidade e como se movem em torno do Benfica, para eles, tudo o que seja capaz de fazer frente ao Benfica é amigo.
É um comportamento digno dos fracos e cobardes.

Joseph Lemos disse...

Caro Jotas
Essa gente sempre foi assim na generalidade.Eles preferem um insucesso do Benfica a uma vitória deles.
No entanto,tendo percorrido a net, verifico que centenas de sportinguistas (digo bem, centenas) criticam aquela besta e se insurgem contra a ''santa aliança''.
Espero sinceramente que os ''êxitos'' continuem para assim premiarem a arrogância.

Manuel Oliveira disse...

Amigo Joseph, como deves ter lido também postei sobre essa besta quadrada que não teve um pingo de vergonha na cara para vir gozar com uma derrota inflingida por um adversário, até do clube dele. Mas, pouco mais tarde teve o castigo devido! Engoliu a fanfarronice!!!

Abraço.

Joseph Lemos disse...

Caro Manuel

Li sim o teu comentário como o de muitos na blogsefera e o que mais alegrou foi ler também imensos comentários de sportinguistas repudiando a atitude nojenta desse porko.

Creio que hoje nem sequer saiu à rua.

Abraço

VHugo disse...

Há cromos que deviam ficar calados para todo o sempre!

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/11/balanco-do-13-da-epoca.html